Fitoterapia

Na China, país de origem da Medicina Tradicional Chinesa, a Fitoterapia é a modalidade terapêutica mais utilizada dentre as variadas técnicas desta medicina milenar. Neste país assim como no Japão a Fitoterapia da MTC é mais utilizada do que a própria Acupuntura que foi pioneira a ser conhecida no Ocidente. O tratamento com as ervas medicinais da MTC pode ser aplicado isoladamente ou associado à Acupuntura. Em grande parte das patologias em tratamento com a Acupuntura quando se associa a Fitoterapia aumenta a eficácia e a rapidez nos resultados do processo terapêutico. É uma poderosa ferramenta da MTC agora possível de ser aplicada no Brasil mediante a disponibilidade das Fórmulas Magistrais Chinesas no país.

Público alvo: Médicos

Objetivo: Formar conhecimento em Fitoterapia Chinesa para médicos, de preferência com conhecimento básico de Medicina Tradicional Chinesa

Pré-requisito: Diploma de conclusão em Medicina e registro no CRM

Conteúdo programático do curso:

Revisão dos conceitos e da teoria da Medicina Tradicional Chinesa

Diagnóstico de acordo com a MTC e diferenciação das Síndromes

Matéria Médica Chinesa

Fórmulas Magistrais Chinesas e suas aplicações terapêuticas

Capacitação do aluno para fazer  as correlações entre o diagnóstico pela medicina convencional  e o diagnóstico pela teoria da MTC nas principais doenças e selecionar a prescrição.

Datas das aulas:

  • – Primeiro módulo: 02 e 03 de agosto de 2019.
  • -Segundo módulo: 06 e 07 de setembro 2019.
  • -Terceiro módulo: 04 (aula prática) , 05 e 06 de outubro de 2019.
  • -Quarto módulo: 08 (aula prática) , 09 e 10 de novembro de 2019.
  • -Quinto módulo: 06 (aula prática) , 07 e 08 de dezembro de 2019.

Professora: Dra. Tazue Hara Branquinho

Médica Acupunturiatra pela AMB/CMBA

Docente do Curso Avançado da MTC – Fitoterapia I e II do Centro de Acupuntura do IOT-Hospital das Clínicas da FMUSP

Docente colaboradora e organizadora do Curso de Introdução à Fitoterapia Chinesa, disciplina optativa para graduação do Curso de Medicina da FMUSP